Homem que fez ofensas raciais a Ludmilla confessa crime


Ludimilla é vítima de racismo na internet - Foto: Luiz Souza

Ludimilla é vítima de racismo na internet – Foto: Luiz Souza

O suspeito de ter publicado ofensas raciais na internet contra a cantora Ludmilla confessou o crime na manhã desta terça-feira, dia 24, na DRCI – Delegacia de Repressão de Crimes Virtuais do Rio de Janeiro. Ele foi identificado como Hélder Santos, e tem 31 anos de idade.

Alessandro Thiers, que é delegado titular da DRCI, indiciou Hélder Santos pelo crime de injúria preconceituosa, com pena aumentada devido ao crime ser cometido pela internet, o que pode resultar em uma pena de até 4 anos de prisão. O delegado informou que o homem acabou confessando o crime após tentar se esquvar várias vezes, alegando que teve o celular roubado e que não havia sido ele quem fez a postagem. Helder é professor de capoeira.

No episódio de hoje do seriado Mister Brau, Ludimilla fez uma participação especial.

Be the first to comment on "Homem que fez ofensas raciais a Ludmilla confessa crime"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*