Omar Saddiqui Mateen


Americano Omar Saddiqui Mateen, filho de pais do Afegão, está sendo acusado pela polícia americana de ser o autor dos disparos de fuzil que causaram a morte de pelo menos 50 pessoas na Pulse, boate que atende ao público LGBT em Orlando, na Florida.

O ataque de fúria, que além de matar, deixou outros 53 feridos, ocorreu na madrugada deste domingo e a polícia já está apurando se o atirador tinha alguma ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, ou se ele agiu isoladamente em um ato de sua autoria.

As autoridades estão também querendo saber se alguém facilitou o acesso de Omar Saddiqui Mateen à boate, pois ele utilizou um Fuzil AR-15, que é uma arma de grande poder de fogo e de grande porte, além de uma outra arma de pequeno porte. Além das armas, ele estava com muita munição, que pode ser comprovado pelo grande número de vítimas.

Na Florida é permitido que cidadãos comuns comprem legalmente armas de fogo, e até mesmo armas de guerra como é o caso da AR-15 utilizada neste ataque terrorista.

Be the first to comment on "Omar Saddiqui Mateen"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*