Patrulha Ambiental resgata coruja orelhuda presa em linha de pipa


Coruja Ferida com Linha de Pipa - Foto Divulgação / GMRJ

Coruja Ferida com Linha de Pipa – Foto Divulgação / GMRJ

Guardas da Patrulha Ambiental – parceria da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – resgataram uma coruja orelhuda encontrada por moradores de Campo Grande presa em linha de pipa. Os cidadãos acionaram os agentes por meio da Central 1746. O resgate foi realizado nesta quinta-feira, dia 25, na rua Murilo de Carvalho. Após o resgate, os agentes levaram a coruja para o Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS) da Universidade Estácio de Sá, para passar por avaliação veterinária.

Ferimentos provocados por esse tipo de material podem ser fatais para as aves ou ainda incapacitá-las para o voo. No mês de julho desse ano, a Patrulha Ambiental também resgatou uma garça ferida por linha de pipa em Campo Grande. No caso dessa ave, o corte na asa esquerda afetou o tendão do animal, impossibilitando-a de voar novamente.

A Guarda Municipal alerta à população sobre o resgate de animais silvestres: ao flagrá-los em área urbana ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat, deve-se acionar a equipe da Patrulha Ambiental para um resgate seguro. O manuseio não é aconselhável e muito menos tentar afugentá-los, pois pode agravar qualquer lesão que os animais apresentarem. A Patrulha pode ser acionada por meio do telefone 1746, da Prefeitura do Rio, que funciona 24h.

Be the first to comment on "Patrulha Ambiental resgata coruja orelhuda presa em linha de pipa"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*