Rebelião em Franco da Rocha deixa feridos e há fugitivos


São Paulo vive momentos de medo e tensão na noite desta segunda-feira. Uma rebelião de grandes proporções no Presídio de Franco da Rocha deixou um rastro de destruição, com vários prédios e veículos queimados, detentos feridos e fugitivos já confirmados. A rebelião teve início na ala psiquiátrica, no Hospital de Custódia de Tratamento Psiquiátrico I – Professor André Teixeira de Lima.

O Presídio de Franco da Rocha Fica localizado na Grande São Paulo (região metropolitana de SP) e ainda não há a confirmação do número de presos que conseguiu fugir. Os presos fugitivos e outros que não conseguiram fugir colocaram fogo em vários pavilhões do presídio. A polícia está no local e alguns dos detentos que chegaram a fugir já foram capturados pelos policiais.

Familiares buscam notícias sobre presos mortos e feridos

Familiares de presos estão apreensivos. Ainda não há informação sobre detentos mortos no local.

Rebelião em Franco da Rocha tem fugitivos e feridos

Rebelião em Franco da Rocha tem fugitivos e feridos

De acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária, o local tem capacidade de abrigar 594 presos e haviam 523 presos no local, portanto, a princípio não havia superlotação que pudesse motivar a rebelião e fuga dos detentos.

Be the first to comment on "Rebelião em Franco da Rocha deixa feridos e há fugitivos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*