Yane Marques é a 13ª no Mundial de Pentatlo Moderno


Campeã foi a húngara Sarolta Kovas e a francesa Elodie Clouvel estabeleceu novo recorde da prova da natação

Foi com novo recorde mundial que a disputa individual do Campeonato Mundial de Pentatlo Moderno terminou neste sábado, 28, em Moscou, na Rússia. Na disputa feminina, realizada nesta sexta, 27, a francesa Elodie Clouvel conquistou a medalha de prata e estabeleceu novo recorde da prova da natação da modalidade em piscina de 50 metros. Ela nadou os 200 metros estilo livre do evento em apenas 2min06s59. A segunda marca do dia na água foi da russa Gulnaz Gubaydullina, que cravou os 2min07s24.

Além da francesa, o pódio foi encabeçado pela húngara Sarolta Kovacs, que cruzou a linha de chegada com larga vantagem, 12s antes de Elodie. Sarolta foi a sexta no Mundial do ano passado. O bronze foi para a campeã olímpica de Pequim 2008, a alemã Lena Schoneborn, ouro em 2015. A disputa contou com a brasileira Yane Marques, bronze em Londres 2012, que ficou com a 13ª colocação.

“Este ano tem sido difícil pra mim, já que acabei de superar uma lesão, onde tive que passar por uma cirurgia há dois meses. Estou muito feliz por ter vencido e agora acredito mais em mim mesmo”, comemora a campeã, que já estava classificada para os Jogos Olímpicos do Rio. “Me senti forte durante todo o dia e não me preocupei com os outros; apenas me concentrei em mim mesmo”, completa Sarolta, que se manteve na liderança da competição logo após a natação, segunda prova do dia.

Prova a prova
Yane e as demais 35 competidoras da disputa na Rússia encararam as cinco provas do Pentatlo Moderno no lendário Estádio Olímpico de Moscou, que foi uma das sedes dos Jogos Olímpicos de 1980 na capital russa.

Na esgrima, a brasileira de 32 anos teve o quarto melhor desempenho, vencendo, no total, 22 duelos com a espada e conquistando 232 pontos na prova. Na natação, ela fez a nona marca, 2min14s86s, assegurando 296 pontos.

Com as duas primeiras provas, Yane já era a quinta na classificação geral. No hipismo, ela foi penalizada com a perda de apenas 10 pontos, fazendo a décima sexta melhor apresentação nos saltos com o cavalo, somando 290 pontos.

No combinado, ela largou em terceiro e chegou a variar de posições a todo o momento. Na última das quatro séries dos cinco acertos no alvo intercaladas com 800 metros, ela perdeu muitas posições, cruzando a linha de chegada na 13ª posição final. Na prova, ela somou 524 pontos.

Eurásia
Na disputa individual masculina do Mundial de Moscou, que aconteceu neste sábado, 28, a França levou a melhor. O campeão da prova foi Valentin Belaud, que havia sido o quinto no Mundial do ano passado. A prata ficou com o russo Aleksander Lesun, que repetiu o desempenho de 2015, e o bronze foi para o sul-coreano Jinhwa Jung, apenas o décimo sexto no ano passado.

“É uma sensação incrível ganhar o Mundial e percebo que este é um dia muito especial para mim. Estava em uma boa competição”, o campeão comemora. “Agora vou entrar em preparação para os Jogos Olímpicos”, Belaud completa.

Assim como o pódio da disputa feminina, os campeões entre os homens também já estavam classificados para Rio 2016, salvo o sul-coreano medalhista de bronze.

O Mundial de Moscou termina neste domingo com o tradicional revezamento misto da modalidade, que vai receber 10 duplas (Rússia, Chile, Japão, Guatemala, Polônia, Bielorrússia, Itália, Alemanha, México e Argentina). O Brasil não terá representantes na prova.

A brasileira que esteve na Final do Mundial de Moscou é beneficiada com a Bolsa Atleta do Ministério do Esporte na modalidade Bolsa Pódio. Ela também recebe a Bolsa Atleta do Governo do Estado de Pernambuco, está no Programa de Alto Rendimento do Exército Brasileiro como Terceiro Sargento da Comissão de Desportos do Exército (CDE) e integra o Time Brasil.

OS CAMPEÕES DO MUNDIAL DE MOSCOU

FEMININO

OURO: Sarolta Kovacs (Hungria): 1.386 pontos
PRATA: Elodie Clouvel (França): 1.374
BRONZE: Lena Schoneborn (Alemanha): 1.373

YANE MARQUES (Brasil): 13ª com 1.342

MASCULINO

OURO: Valentin Belaud (França): 1.514 pontos
PRATA: Aleksander Lesun (Rússia): 1.510
BRONZE: Jinhwa Jung (Coreia do Sul): 1.504

Fotos do Mundial de Pentatlo Moderno

Natação - Pentatlo Moderno - Foto: UIPM / Divulgação

Natação – Pentatlo Moderno – Foto: UIPM / Divulgação

Final Feminina do Pentatlo Moderno - Foto: Divulgação / UIPM

Final Feminina do Pentatlo Moderno – Foto: Divulgação / UIPM

Foto: Divulgação / UIPM

Foto: Divulgação / UIPM

Final Masculina Pentatlo Moderno - Foto: Divulgação / UIPM

Final Masculina Pentatlo Moderno – Foto: Divulgação / UIPM

Sarolta Kovacs - Mundial de Pentatlo Moderno - Foto: Divulgação / UIPM

Saroilta Kovacs – Mundial de Pentatlo Moderno – Foto: Divulgação / UIPM

Valentin Belaud - Foto: Divulgação / UIPM

Valentin Belaud – Foto: Divulgação / UIPM

Be the first to comment on "Yane Marques é a 13ª no Mundial de Pentatlo Moderno"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*